7 dicas para transformar seu hobby em negócio

Como sair do amadorismo sem perder o foco?

Fotografando aniversários

Pequenas dicas para se dar bem nesse tipo de evento social!

Descubra se essa pequena maravilha vale o investimento!

Dicas de como lidar com a famosa e poderosa "50entinha"

Quais são os limites das lentes do kit?

Saiba mais sobre essas pequenas gracinhas, que apesar de simples conseguem resultados fantásticos!

Participe do Grupo Blog ATF no Flickr!

Compartilhe suas fotos, divida conhecimentos, mostre suas experiências

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Flash Off-Camera

Olá Pessoal! Ainda no tema sobre flashes, hoje compartilho com vocês um vídeo sobre fotografia com Flash Off-Camera. Apesar de estar em inglês, acredito que a "língua da fotografia" é bem universal e vai ficar fácil pra quem tem o mínimo de conhecimento do seu equipamento entender o que Gavin Hoey quer passar nesse tutorial super simples, feito nos fundos de sua casa.



Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente!
Até a próxima e Boas fotos!

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Dicas para fotografar aniversários

Olá pessoal! Pensando em direcionar um pouco mais os artigos do Blog ATF, vou tentar aqui, compartilhar um pouco da experiência que tive em diversas situações como fotógrafo. Começaremos então por um evento social bem comum no dia-a-dia das pessoas, uma festa de aniversário.
Esse é o tipo de evento que se divide em alguns...Tópicos por assim dizer: Festas infantis, 15 anos, aniversários de casamento, entre outros.
Mesmo assim alguns passos básicos são iguais para todos os tipos descritos acima:


1. Cheque seu equipamento, quando fizer isso, faça uma lista e cheque novamente, baterias e/ou pilhas tem de ser recarregadas no máximo um dia antes do evento. Veja seu cartão de memória, livre de trabalhos antigos, faça back-up em seu note ou PC. Esteja preparado.

2. Converse com o aniversariante antes do evento, procure explicar como trabalha, o modo como se comporta, caso ele não tenha presenciado você em ação em outra oportunidade, será uma boa hora para que ele tire algumas dúvidas e sugira algo que ele deseje.

3. Se possível visite o lugar onde acontecerá o evento, com isso você poderá ter pelo uma noção do espaço, é legal também conhecer de alguma forma o pessoal da decoração, eles serviram pra lhe indicar onde geralmente montam a mesa do bolo entre outras surpresas que podem acontecer.




Eu acho que isso é básico em todo e qualquer evento social que você for fazer, torne esses passos uma rotina, mas de preferência para anotar sua check-list para não perder nenhum detalhe. Falando agora em casos específicos:

Aniversários infantis: Esses são o que geralmente lhe tomaram mais energia e disposição, crianças são eletrizantes, e dependendo da idade, não param em momento algum, se foque no pequeno aniversariante e procure nao perder os detalhes, como brincadeiras e risadas, em caso de pequenas desavenças entre as crianças, (geralmente acontecem em festas com brinquedos a disposição), registre, mas vale saber que esses momentos pouco vão no álbum. Vale salientar que em caso de crianças de colo, evite ficar o tempo todo em cima dela, seu flash pode assustá-la fazendo com que ela mais chore do que sorria, o que não daria um bom álbum.


Aniversários de 15 Anos: Aqui há uma rotina a ser seguida, momentos que não podem ser perdidos de forma alguma, é onde a responsabilidade aumenta, a aliança dada pelo pai, a valsa com mesmo, nem é preciso falar claro da hora do sopro na velinha. Adolescentes, são um pouco menos agitados e curtem mesmo a balada já perto do final festa; portanto sugira a aniversariante para tirar uma foto com os convidados, antes mesmo da valsa se possível, depois todos estarão defasados por conta da balada o que não renderá boas fotos.

Aniversários de casamento: Variam muito de acordo com o gosto de cada casal, e geralmente são os mais tranquilos para se registrarem, sua parte aqui é ser o mais invisível possível, pois pessoas adultas tem uma tendencia a fugirem de fotos posadas, pois, costumam se sentirem desconfortáveis.

Não esqueça de que em todo o tipo de aniversário, a decoração é um elemento importante para a composição do álbum, fotos do aniversariante com os pais e parentes mais próximo também não podem faltar

Em geral, é isso, aniversários não costumam exigir muito de você e podem ser um ótimo complemento de renda, basta saber vender o produto adequado para o cliente certo, e você terá sucesso.

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente!
Até a próxima e Boas fotos!


terça-feira, 15 de maio de 2012

10 livros de fotografia que não podem faltar em sua estante.


'Trabalhadores' - Sebastião Salgado

Para dar o ponta pé inicial a essa parceria entre o Focal Fixa e o Blog ATF, vou postar uma pequena lista com 10 livros que de maneira alguma podem deixar de figurar em sua estante. Optei por apenas 10 títulos porque se fosse colocar todos esse post ficaria enorme. Espero que gostem da lista e se tiverem alguma sugestão de leitura, por favor não deixem de colocar nos comentários.

1º- Cartas a um jovem fotógrafo - Bob Wolfenson

No imaginário coletivo, a figura do fotógrafo de moda vem envolta numa aura de glamour que nem sempre condiz com a realidade. Por outro lado, dizer que não há glamour nenhum e que a vida é só integridade, concentração, foco e trabalho seria tirar o verniz e o charme dessa atividade tão atraente. 'Cartas a um jovem fotógrafo' conta um pouco dessa profissão, do ambiente que a cerca e das armadilhas, do ego e do mercado, que podem surgir na vida de qualquer um que decida usar a câmera como ofício e forma de expressão. Este livro traz as dificuldades, prazeres, oportunidades, ilusões e a realidade de uma profissão que se alimenta da criatividade e da sensibilidade.



'Boris Kossoy - fotógrafo' traz um panorama de sua produção fotográfica entre 1955 e 2008, com apresentação de Jorge Coli e um texto de balanço do próprio autor, acompanhado ainda de duas entrevistas e uma cronologia ilustrada.







Uma seleção de retratos feitos por Henri Cartier-Bresson ao longo de sete décadas. Ao lado de gente anônima, o livro traz personalidades como Pablo Picasso, Truman Capote, Marilyn Monroe, Lucian Freud, Susan Sontag, Coco Chanel, Jean-Paul Sartre, Carl Jung, e Che Guavara. Traz ainda, uma seleção de desenhos a lápis, inclusive alguns auto-retratos.


'Trabalhadores - Uma arqueologia da era industrial" presta homenagem ao trabalho realizado com a força do corpo, tradução que os séculos honraram e que agora, quando se aproxima um novo milênio, dá lugar no mundo inteiro ao desempenho de máquinas e computadores. Com imagens de beleza e veracidade eloqüentes, Sebastião Salgado compõe uma elegia visual àqueles homens e mulheres cujo ânimo laborioso se sobrepôs às condições mais duras. Vistos por um olhar solidário, eles aparecem neste livro num singular estado de graça. 350 fotografias de intensa luminosidade formam uma perspectiva arqueológica das atividades que têm sido sinônimo de trabalho duro, penoso. 


Ansel Adams (1902-1984), nome de inclusão obrigatória em toda História da Arte Fotográfica que seja escrita, além de verbete de muitas enciclopédias, escreveu um clássico mundial que hoje tem validade de 'bíblia' para muitos profissionais. Trata-se da trilogia A câmeraO negativo e A cópia. Primeiro título da série, 'A Câmera' ocupa-se do equipamento fotográfico e vai além, introduzindo o conceito de visualização - um modo de enxegar a imagem na mente antes da exposição. Visualizar, para Adams, pressupõe a total liberdade de expressão do fotógrafo, base de sua criatividade. Com domínio absoluto da técnica e de muitos aspectos da arte, Adams conduz o leitor no sentido de que, entendendo as potencialidades da fotografia, faça surgir sua 'criatividade' e seu 'estilo'.


Neste livro autobiográfico, Robert Capa, o fotógrafo que produziu registros de guerra mostra que também é um contador de histórias. Em seus relatos, ele fala de sua vida privada e profissional, das suas experiências como correspondente de guerra, da convivência com seus amigos John Steinbeck e Ernest Hemingway, e de sua namorada, a atriz Ingrid Bergman.





Em seu último livro, Roland Barthes explora a diferença entre os processos de reprodução da imagem na câmara clara e na câmara escura (a fotografia). Na primeira, a imagem é copiada pela mão do homem, enquanto, na segunda, ela é reproduzida mecanicamente sem a interferência humana. Barthes procura aqui mostrar que sem a intervenção pessoal e subjetiva do observador a fotografia ficaria limitada ao registro documental.


O livro 'Imagens Humanas' contém ao todo 195 fotos, selecionadas a partir de um acervo de 150 mil imagens, que buscam traduzir a realidade desse país. Índios, mulheres, crianças, idosos e trabalhadores no seu cotidiano, sofrendo, sorrindo, vivendo. Nas ruas, nos assentamentos, nas favelas, nas fábricas, nos casebres. O livro apresenta ainda uma entrevista com Ripper, presente no cenário da fotografia documental brasileira.



Este livro apresenta que a foto não é apenas uma imagem, é também, antes, um verdadeiro ato irônico, uma imagem, se quisermos, mas em trabalho, algo que não é possivel conceber fora de suas circunstâncias, do jogo que a anima. O meio mecânico, óptico-químico, pretensamente objetivo implica ontologicamente a questão do sujeito em processo.


'Sobre fotografia' é um livro que fez história no âmbito dos estudos da imagem. Publicado no Brasil originalmente em 1983, reúne seis ensaios escritos na década de 70, em que a romancista e filósofa Susan Sontag analisa a fotografia como fenômeno de civilização, desde o aparecimento do daguerreótipo, no século XIX. O resultado é uma história social da visão, demonstrando seu lugar central na cultura contemporânea. 

Fábio Martins
Gostou? Então não deixe de curtir o FF no Facebook e me seguir no Twitter
Um grande abraço a todos os leitores do ATF.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Workshop de fotografia sensual e editorial - Informações

Olá Pessoal! Hoje pra vocês aqui no blog, uma oportunidade fantástica! É o Workshop de fotografia sensual e editorial, que será ministrado pelo FERA Edu Fuica, fotógrafo da revista Sexy. Aos mais assíduos aqui no blog será fácil lembrar que ele foi um dos nossos primeiros entrevistados na nossa coluna. Caso tenha perdido só clicar aqui. Serão dois workshops que tratarão de maneira simples o dia-a-dia do fotógrafo. Serão abordados temas comuns, como a escolha de materiais, maquiagem, produção e equipe. Estará em pauta também a direção das modelos e resolução de problemas com prática ao vivo. Aprenda a usar melhor a luz em seu favor e valorizar o produto de seu cliente! Além do Fuica, como destaque fica a modelo, a linda Dayane Alencar, uma das bailarinas do faustão, sem falar nas maquiadoras, Sandra Costa e Drika Lopes, acostumadas com o ramo pois trabalham na revistas "Playboy" e "Elle". O workshop será na cidade de São Paulo, com datas ainda a definir, o que não muda é a quantidade de vagas que é limitadíssima! Por isso entre logo em contato no fone abaixo e reserve sua vaga! Abaixo algumas fotos da modelo, Dayane tiradas pelo idealizador e ministrante do workshop.

Fotografia: Edu Fuica Modelo: Dayane Alencar
Maquiagem e Cabelo: Sandra Costa Maquiadora

Fotografia: Edu Fuica Modelo: Dayane Alencar
Maquiagem e Cabelo: Sandra Costa Maquiadora

Fotografia: Edu Fuica Modelo: Dayane Alencar
Maquiagem e Cabelo: Sandra Costa Maquiadora
Fotografia: Edu Fuica Modelo: Dayane Alencar
Maquiagem e Cabelo: Sandra Costa Maquiadora

55(11) 9417-6962

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente

Até a próxima e Boas Fotos!



sábado, 28 de abril de 2012

Resumão! Wedding Brasil 2012

Olá Pessoal! Hoje um artigo mais que especial pra vocês! Vamos falar hoje sobre o que foi o congresso de fotografia Wedding Brasil 2012! Sim! Eu estive lá representando o Resumo fotográfico e o Blog ATF.

O que posso lhes dizer de antemão é simples, o congresso mal se foi e já vai deixar saudades, foram três dias de palestras, palestras e mais palestras sobre os mais diversos assuntos, não só a fotografia de casamento que foi o tema principal, mas tudo aquilo que a envolve, negociação, direção dos noivos, técnicas de marketing, vídeos, técnicas de iluminação, fotografia de família, gestante e muita, muita inspiração! Com certeza quem esteve por lá para acompanhar as mais de 30 horas de palestras deve ter saído zonzo, de tanta informação de qualidade, oferecida pelos mais feras da fotografia na atualidade.

O congresso começou em altíssimo nível no auditório principal do memorial da América Latina, com a contagiante Márcia Charnizon, com a palestra "RotinaXInspiração, ela definitivamente nos mostrou que o evento seria de tirar o fôlego. Com muita improvisação e criatividade Márcia Charnizon mostrou aos presentes, que fotografia de casamento vem de idéias e que essas idéias não precisam ser usadas pra sempre, Bom humor, e atividade foram ótimas pedidas pra palestra que abria o congresso.
 No núcleo de tecnologia, quase que sem deixar a mente descansar, Lauro Maeda já nos esperava para outra palestra de encher olhos e ouvidos, falando sobre iluminação, mostrou que muitas vezes fugir do comum faz toda a diferença.
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Márcia Charnizon
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Márcia Charnizon
O mais dificil no congresso não era se inspirar ou gostar das palestras, o mais difcil era escolher apenas uma, ja que muitas vezes enquanto assitia uma no auditório principal, no núcleo de tecnologia passavam duas ou até três dependendo do horário. As palestras do auditório principal chegavam em seu máximo a durar 2 horas, enquanto que as do NT, eram de apenas 45 minutos, o que nos deixava sempre com gostinho de quero mais!
Fotografia: Alex Teixeira
Márcia Charnizon
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Lauro Maeda
 No primeiro dia ainda no auditório principal, subiram muitos feras, dentre eles destaques para Anna Quast que deu uma verdadeira aula sobre os mundos dos negócios e logo após Vinícius Matos falando sobre criatividade.

Sem perder o estrelismo e qualidade, no núcleo de tecnologia, destaque para Marco Costa falando do tão comentado Ensaio pré-casamento, Erika Verginelli falando sobre fotografia de família, e Henrique Ribas dando altas dicas sobre o fluxo de trabalho e organização do fotografo profissional.
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Anna Quast
Fotografia: Alex Teixeira
Debate com novas promessas da fotografia
Sem perder o fôlego, o segundo dia trouxe logo de cara o animadíssimo David Beckstead, nos ensinando a aprender com os erros,  no Palco principal principal ainda foi dia de mais dois "gringos" com Dane Sanders que mostrou os melhores caminhos para o negociação com o seu cliente. Yervant então, tomou conta do palco, dando dicas para o Fashion Wedding. No NT destaque para Fernanda Sanchez, mostrando os segredos da fotografia de recém-nascidos, Clício Barroso apresentando a versão mais nova do Lightroom e Daniel Torraca com dicas sobre vídeos com cameras DSLR.
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Dane Sanders
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: David Backstead
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Yervant
O terceiro e último dia começou em grande estilo com Cliff Mautner e um show de iluminação, O mexicano Daniel Aguilar fez uma palestra emocionante falando sobre diferenciação e simplicidade na fotografia de casamento, encantou a todos e não conteve as lágrimas no final da palestra ao confundir a historia de sua vida com a sua fotografia. Pra finalizar no palco principal, Fábio Laub nos contou segredos de 15 anos de carreira. Os destaques do Núcleo de Fotografia ficam por conta de Kaká Rodrigues nos ensinando a manter as contas nos eixos, e Robison Muniz nos mostrou mais um pouco da importância de uma boa direção dos noivos.
Fotografia: Alex Teixeira
Palestra: Daniel Aguilar 
Fotografia: Alex Teixeira
Ainda dá tempo de falar dos estandes das encadernadoras, DigiPix, Indimagem, e Quality. Dois estandes ca Canon davam auxílio aos visitantes e também mostravam as melhores cameras e lentes da marca. Isso sem falar nos diversos estandes tecnológicos mostrando inovação aos curiosos atentos.
Fotografia: Alex Teixeira 
Fotografia: Alex Teixeira
Como único ponto negativo fica a acústica do Núcleo de tecnologia, que dependendo da hora era quase impossível de ouvir os palestrantes, devido ao borborinho do salão, e também eram muitos interessados para poucas cadeiras, claro que era impossível de sentar todos por ali, mas acho que o espaço poderia ser um melhor organizado, mas nada grave, afinal com tanto assunto bom pra ver e ouvir, era dificil se atentar a essas coisas. 



Esse ano foi de firmamento do Wedding Brasil como o evento de fotografia de casamento mais importante da america latina, foram três dias de workshops, mais outros três de congressos, o que torna praticamente uma obrigação para o profissional do ramo estar no Wedding Brasil 2013. Pra finalizar e deixar vocês com uma pontinha de inveja, uma foto minha com um dos mais feras dos EUA, nada mais nada menos que David Beckstead!
David Beckstead e Alex Teixeira



Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente

Até a próxima e Boas Fotos!

domingo, 22 de abril de 2012

Os Limites da "lente do kit".

Olá Pessoal! depois algum tempo sem postar, seja por falta de tempo ou por falta de inspiração, hora de abordarmos um assunto pouco falado por aí afora. Muitos artigos falam sobre as vantagens da compra de uma câmera profissional DSLR, porém poucos avisam que esse é apenas o inicio de uma série gastos, principalmente para aqueles que tendem a seguir carreira na fotografia. Com o intuito de ajudar aqueles que estão ou passarão futuramente por esse "drama", esse artigo falará um pouco sobre a famosa "Lente do Kit 18-55mm". Muitas coisas são possíveis com essa pequena pecinha, que vai ajudar você a se descobrir, a entender melhor sua câmera nova.
Diversas são as perspectivas para essa lente, que por incrível que pareça, é muito mais útil do que parece e muito mais subestimada do que deveria.

A lente

Conhecida como "lente do Kit" a 18-55mm é quase unanimidade nas câmeras DSLR atuais, sejam elas mais simples ou mais sofisticadas. Pode ser classificada como uma grande-angular / zoom; Zoom esse equivalente a 3x numa câmera de bolso por ex. Ela vem com estabilizador de imagem, que é ótimo, para as pessoas que ainda estão se acostumando o peso na nova câmera, pois assim a tendencia de uma foto sair tremida por balançar a câmera na hora do aperto do botão é menor. Seu foto automático é rápido na maioria das vezes, pois como não chega a grandes distancias, mesmo no foco manual não é difícil fotografar mesmo em situações que exigem um pouco mais de destreza.

No dia-a-dia

Ótima, uma boa opção para ser deixada sempre em sua câmera, visto que não a deixa robusta como seria com uma tele-objetiva por exemplo, com a lente do kit você estará apto a registrar qualquer coisa a qualquer hora do dia, inclusive levando ela consigo para onde for.

Fotografia: Alex Teixeira - Lente 18-55mm

Retratos

Complementando a opção acima, essa lente é ótima pra retratos, apenas evite usá-la em 18-mm prefira sempre manter o zoom entre 35mm e 50mm afim de evitar a deformação do rosto da pessoa, pela grande angular da câmera. Procure brincar com os parentes e animais domésticos treinando principalmente usar o foco manual.
Fotografia: Alex Teixeira - Lente 18-55mm
Esportes

Esqueça, aqui é um nicho onde com essa lente você irá apenas "registrar" mas não "participar" do evento em si, fotografia de esportes em geral, é preciso estar dentro do ocorrido mesmo sem estar, tele-objetivas aqui são essenciais para uma cobertura com mais qualidade, e a lente do kit nesse caso, fica muito atrás.

Natureza

Nesse nicho irá variar um pouco, você quer paisagens? Nesse caso a lente do kit não vai te deixar não mão, visto que você precisa de amplitude e nitidez, com essa lente terá ótimas imagens, mas...Se o que quer é, fotografar pássaros selvagens dentre outros animais silvestres, você também precisara de uma tele-objetiva, pois aqui a distancia será fundamental para não afugentar os bichinhos e garantir uma boa foto.

Efeito Bokeh

Aquele efeito de segundo plano completamente desfocado, é possível ser feito com louvor com a lente do kit, será preciso apenas um pouco mais de atenção, levando em consideração que a abertura da lente 18-55m do kit é de apenas 3.5~5.6, comparadas as lentes de 50mm 1.4 ou 1.8 mais comumente usadas para alcançarem esse efeito de desfoque. O imprescindível nesse caso é buscar um angulo onde o primeiro plano tem uma cor diferente do segundo plano.
Fotografia: Alex Teixeira - Lente 18-55mm
Eventos festivos

Em aniversários ou casamentos, a unanimidade dos fotógrafos que fazem esse tipo de cobertura é uma lente de 24-70mm com abertura de 2.8. Mas a lente do kit, ganha quando é necessario uma amplitude maior de captação da cena, os noivos no altar, ou a hora do parabéns, são aqueles momentos onde é preciso ter uma cobertura maior do que acontece ao redor do assunto principal, sejam os noivos ou aniversariante.
Fotografia: Alex Teixeira - Lente 18-55mm

Como vimos muitas são as possibilidades da lente do kit, ela não é das melhores mas resolve em muitas situações corriqueiras ou até em algumas de mais responsabilidade como casamentos, o que importa é que é uma ótima lente para quem está conhecendo a câmera que acabou de comprar, e também muito boa para compor o pacote de um fotografo bem prevenido e que goste de imagens de qualidade.


Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente

Até a próxima e Boas Fotos!

domingo, 4 de março de 2012

Foto da Semana #07, #08, #09


Olá Pessoal! Afim de corrigir o atraso das últimas semanas onde não consegui postar a "Foto da Semana", nesse post serão logo três! Isso mesmo três ótimas imagens dos nossos queridos leitores do blog que postaram suas fotografias no nosso grupo no Flickr! Parabéns aos escolhidos, Carlos Essei, Junior Amojr e Ezequiel Sá, e muito obrigado por dividirem imagens tão boas conosco! Quando uma a seu estilo elas são as fotos da semana 07,08 e 09!
Em breve pode ser que o sistema de escolha mude, afinal a pretensão é começar a dar brindes para as escolhidas o que vai deixar a disputa ainda mais acirrada!
Parabéns as fotos escolhidas!

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente
Até a próxima e Boas Fotos!

Entrevista - Cláudia Regina

Olá Pessoal! Em mais uma entrevista aqui no Blog ATF, vamos conversar um pouquinho com a Cláudia Regina, Fotógrafa e Designer especializada em fotografia de gestantes, um ramo carregado de emoção! Ela vai nos contar como é a fotografia dessas mamães, e os desafios que encontra no seu dia-a-dia!

1. Quem é Cláudia Regina?

Fotógrafa Curitibana, casada, mãe de 3 gatos. Estudou Ciências Sociais mas acabou indo para a vida do
Design e da Fotografia :-)


2. Quando percebeu que a fotografia era o que queria como profissão?

Fui trabalhar em um estúdio de Fotografia como Designer. Quando cheguei lá olhei para aquelas
câmeras enormes e não imaginei que um dia saberia como usá-las! Lá neste estúdio aprendi muito
sobre a Fotografia. Enquanto trabalhava lá estudei bastante, comprei minha primeira reflex e depois de
um tempo fui voar solo.

3. A fotografia de gestantes geralmente vem carregada de muita emoção, onde se encaixar
nesses momentos? Como conseguir passar essa emoção através da lente?

As minhas clientes nunca são modelos profissionais, e nunca são muito fãs de foto. Quer dizer:
elas adoram fotografia, mas não gostam de posar. Assim como eu (odeio posar pra foto!) E elas me
contratam por isso: eu não mando ninguém posar. Para conseguir passar a emoção nas fotos é preciso
fazer essas emoções acontecerem durante o Ensaio, por isso dirijo de forma que a pessoa fique à
vontade.


4. Em um dos seus artigos no seu site você faz questão de dizer que ensaio de gestante não é só
uma barriga. O que é um ensaio ideal pra você? E para suas clientes em geral?

É preciso mostrar a beleza do corpo da mulher grávida, o amor entre o casal, a felicidade com a notícia
da gravidez e a delicadeza deste momento.

5. O que é fundamental para ingressar nessa área de ensaio de gestantes e crianças?

Hoje em dia a profissão de "bookeiro" está acabando. É preciso estudar Fotografia muito além do
tradicional. É preciso saber realizar Ensaios pessoais, como os de gestante, como se você estivesse
fotografando um editorial para revista. Tem que ter qualidade fotográfica impecável (iluminação, foco e
composição) e não dá pra fazer sempre a mesma coisa. Cada Ensaio tem que ser diferente. Ainda existe
mercado para os "bookeiros", é fato, mas os clientes estão bem mais exigentes e acredito que logo isso
acaba, pelo menos no público de classe média pra cima.


6. Já passou por alguma situação constrangedora?

O máximo é um ou outro cliente que não vê meu trabalho direito e já vem com ideias prontas, para eu
copiar de outras fotos. Eu planejo cada Ensaio com muito cuidado para que cada um seja único, por isso
quando isso acontece é bem frustrante. Ainda bem que é super raro rs

7. Conte-nos um pouco sobre o seu dia-a-dia num ensaio gestante?

Antes do Ensaio me preparo enviando um Briefing para a cliente. Assim já formo ideias de fotos/
composições que quero fazer de acordo com o estilo e personalidade dela. No dia do Ensaio
analiso como está a iluminação na minha chácara, passeando pra lá e pra cá, e planejo pelo menos
10 "composições-base" e anoto tudo (desde como vou trabalhar com a iluminação até qual lente vou
usar.) Depois preparo a mesa com chá, água e quitutes importados. Também deixo à mão os álbuns de
amostra para ela ver ao vivo (normalmente é nosso primeiro encontro pois só conversamos por email).
Quando a cliente chega já tenho tudo planejado e só preciso checar os figurinos com ela.


8. Você é fotógrafa, tem um site muito legal e bastante conhecido, também vive dando workshops
pelo brasil afora, como conciliar todas as funções com os desejos e anseios dos clientes
e "alunos"?

Estou o tempo todo estudando técnicas de produtividade (GTD*, ZTD**, etc) para conseguir conciliar
tudo :-) Além da minha Fotografia e do Dicas de Fotografia tenho uma empresa de criação de Temas
Personalizados para Blogs (www.xcake.com.br) e também gosto muito de viajar. Mas tenho uma equipe
maravilhosa que me ajuda em todas as áreas, além do meu marido que está sempre lá pra segurar a
barra quando fica muito pesado pro meu lado :-)


9. Com dois adjetivos, defina sua visão de fotografia:


A fotografia pra mim é Libertadora e Desafiadora!

Espero que tenham gostado de mais uma entrevista aqui no Blog ATF! Se você conhece algum fotógrafo que ama o que faz e não se importa em nos contar um pouco do seu dia-a-dia mande o nome deles nos comentários! Quem sabe ele não aceita dar uma entrevista aqui no Blog ATF? Veja mais sobre a Claudia Regina em seu site dicas de fotografia ou assine os feeds de seu Facebook.

* Getting things done
**Zen to done

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente

Até a próxima e Boas Fotos!

sexta-feira, 2 de março de 2012

Afinal, o que é fotojornalismo?

Olá Pessoal! Hoje pra vocês aqui no Blog ATF um ótimo artigo falando um pouco sobre fotojornalismo!

Poderiamos ficar argumentando o dia todo sobre como o fotojornalismo é maior meio de comunicação do mundo. Jornalismo escrito ou falado, exige do público o conhecimento da língua usada, o que pode restringir uma noticia usada por esse meio apenas a um pais ou região, mas imagens por sua vez, podem ser entendidas por qualquer um, em qualquer lugar do mundo independente de sua origem. Retratos, uma boa composição, flagrantes podem ser entendidos da mesma forma que se faladas ou escritas.

Esse rápido artigo não fará de você um Expert no fotojornalismo mas espero que o coloque no caminho para o maior entendimento do mesmo. Nesse artigo você entenderá como os profissionais da área costumam atuar, o que eles fazem para conseguir imagens estonteantes, e aprenderá como se portar para conseguir tais imagens.

Definindo fotojornalismo

Primeiro vamos entender o fotojornalismo. Num level mais básico você pode criar ou contar histórias com fotos mas num estado mais avançado é preciso seguir as regras do jornalismo. As histórias terão de ser reais e mostrados todos os fatos, isso com a maior neutralidade possível. Um fotojornalista pode trabalhar em diversas áreas, mais comumente em jornais, revistas, redes ou sites de noticias, também tem crescido muito o número de outras funções menos tradicionais, como mídias não visuais como estações de rádio que tem suas noticias colocadas em sites através da fotografia.

Empregos

Um fotojornalista é aquele que trabalha para um tipo específico de publicação, como os citados acima, e vive apenas disso, seja fazendo reportagens, ou cobrindo algum acontecimento no geral. Existem os Freelancers que fotografam para diversos meios de comunicação ao mesmo tempo, diversas empresas ou agencias contam com os serviços desses profissionais, como eventos esportivos, entre outros trabalhos com tempo determinado. O terceiro mais comum tipo de fotojornalista é aquele que trabalha para agências. Jornais e outros meios de comunicação contam com essas agências para obter fotos de lugares onde não podem ter um representante próprio para tal cobertura ou acontecimento.


Notícias Gerais

A foto abaixo tem uma assinatura típica, "Meu editor disse que existe um grande professor naquela escola que tem o princípio de construir caráter. Em sua turma de esportes ele ensina integridade e honra. Por isso preciso de uma imagem que retrate tudo isso.



A vida de um fotojornalista pode ser excitante. Você pode estar em qualquer lugar com todos os tipos de pessoa. Mais do que fotografar podem existir uma variedade de experiências que podem ser recompensadoras não só profissionalmente como também pessoalmente. Notícias em geral, são justamente o que o nome diz, "No geral"; Um jantar, uma fundação, um protesto, uma entrevista coletiva, uma premiação, ou um projeto de crianças plantando árvores, tudo isso se encaixa notícias em geral.

A chave para cobrir esse tipos de eventos  (e outros tipos de noticias) é tentar contar a historia inteira com sua imagem. Por exemplo a foto abaixo acompanha uma historia de uma classe de ciências que acompanhou um enfermeiro ajudando um pequeno pássaro a se recuperar. A foto consegue mostrar todos os elementos da história, o pássaro, a classe, o enfermeiro e o ato da ajuda.


Esportes

Fotojornalismo de esportes, é uma versão mais especializada de notícias. É necessário um ótimo senso de posição e tempo para captar as fotografias no tempo exato da ação. Nesse tipo de fotografia o que costumasse procurar é conflito e emoção. Usualmente numa foto de futebol de campo por exemplo, buscasse colocar jogadores de ambos os times disputando a bola, ou a comemoração de gol, a lamentação pela perda de um etc...Conflito e emoção.

Fotografias de esportes geralmente são o contrario fotografias de noticias gerais. Enquanto que no primeiro tema busca-se uma fotografia que marque o momento, o jogo, e ela é definida como a fotografia que mostra o que definiu a partida, já na fotografia de noticias gerais, busca-se com apenas uma imagem explicar todo o contexto.

Retratos

Fotojornalistas, quase não fazem retratos. Como usualmente capturam o momento, não pedem para as pessoas posarem, preferem a espontaneidade, o elemento surpresa. Mas mesmo assim existem algumas ocasiões onde essa necessidade se faz maior, como entrevistas por exemplo, seja um juiz em seu escritório, ou um artista em seu atelie, esses são os raros momentos onde uma pose para o fotojornalista se faz necessário.

História fotográfica

O ultimo tipo de trabalho fotojornalístico mais comum, são as historias fotográficas, também chamadas de "documentários". Esse tipo de trabalho exige mais do fotografo, geralmente eles buscam não só conhecer a historia, mas sim vivencia-la. Assim é comum por exemplo um fotógrafo passar meses numa tribo indígena, afim de conhecer as pessoas, contar uma historia, agora não com apenas uma foto mas sim com uma série delas.

Fotojornalismo é um campo extremamente competitivo. Ter conhecimento técnico é só o começo para uma carreira promissora, nenhum livro vai lhe dar experiencias de campo, macetes, entre outras coisas que só os profissionais mais renomados e experientes têm. Para isso é preciso sair, testar-se, fazer-se presente em todo o tipo de notícia possível. Antes de se lançar no mercado, procure fazer seu portfólio com fotografias de diversas notícias. Versatilidade para um fotojornalista em início de carreira é algo imprescindível. Nunca se sabe quando haverá um acidente ou desastre, e pode ser que seu jornal precise de você, mesmo que sua função inicial combinada fosse a de entrevistar e fotografar artistas da cidade, é preciso estar preparado para cobrir tudo, com a máxima qualidade possível.

Lembre-se, os grandes elementos do fotojornalismo são: Luz, composição e momento. Consiga uma boa dose desses trés numa única imagem e veja o bom resultado nos olhares e comentários alheios.




Equipamentos

Hoje em dia numa era tecnológica, é preciso fazer parte dela ou então você verá seu companheiro fotojornalista passar a sua frente e enviar a foto que você também tirou ganhar a capa de uma edição on-line. Adrenalina, rapidez, é isso que um fotojornalista de noticias gerais e esportivas precisa, esse tipo de noticia envelhece em questão de minutos pois a internet e sua velocidade faz com que 5 minutos depois de um acidente na esquina da rua de casa, já esteja on line para milhares de pessoas verem.
Um notebook ou IPad com uma internet 3G é estritamente necessário, se uma conexão entre sua câmera e seu computador for possível não pense duas vezes. Qualquer minuto perdido baixando as fotos pode fazer toda a diferença.

Ética de pós-produção

Aqui um ponto simples. Não se deve "programar" um acontecimento, posicionar personagens, (exceto em caso de retratos como já dissemos). Manipulação de imagens em fotojornalismo é algo abominável. Em alguns casos, um pequeno crop, uma realçada em contraste, brilho, saturação seja talvez aceitável, mas nada que mude o contexto da imagem, nada de montagens ou criações. Mudanças bruscas numa fotografia publicada, se descobertas podem colocar abaixo toda sua pretensão de ser um fotojornalista.

Aproximação e Atitude

Sem uma boa atitude, a aproximação jamais será necessária, muitas vezes será necessário convencer as pessoas a deixar que você as registre, que conte sua história. Boas histórias não vem fácil, mas podem se tornar comuns no seu currículo caso consiga unir simpatia com determinação. Você estará lidando com pessoas, cada uma com seu toque seu jeito, aprenda a respeitar esses limites e dificilmente terá problemas.


Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente
Até a próxima e Boas Fotos!
Fonte: Photo Tuts Plus by Cameron Knight
Tradução e adaptação: Alex Teixeira



terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Foto da Semana #06





Olá Pessoal! Na última semana muitas pessoas novas entraram para nosso grupo de fotografia no Flickr, o que tem aumentado e muito a qualidade das imagens, consequentemente deixando cada vez mais difícil a decisão de escolher apenas uma foto da semana! De qualquer forma aí está ela!



Parabéns a foto escolhida!

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente
Até a próxima e Boas Fotos!

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Foto da Semana #05

Olá Pessoal! Depois desse fim ano mais que corrido, está de volta a 'Foto da Semana', mais uma daquelas belas imagens postadas no nosso grupo no Flickr! A foto dessa semana é de Junior Amojr. Uma bela imagem com tom dramático e de suspense e sem dúvida com muita criatividade!




Vendo em Parte-1 por Junior Amojr


Parabéns a foto escolhida!

Siga-me no Twitter ou Facebook
Gostou? Compartilhe com os amigos ou comente
Até a próxima e Boas Fotos!